Estande da BMW no Salão do Automóvel 2018 – Parte II


Nessa segunda parte, você conhece mais três lançamentos da BMW.

BMW i8 ROADSTER

O BMW i8 Roadster, a versão conversível do BMW i8, também foi apresentado ao público. O roadster combina mobilidade zero-emissões, desempenho de alto nível e a experiência de uma condução ao ar livre, proporcionando, assim, uma inédita sensação de liberdade, segundo destaca a marca.

“Estamos entusiasmados com a estréia do novo BMW i8 Roadster no Salão do Automóvel de São Paulo. Ele simboliza, em um único veículo, toda a esportividade da marca BMW, o design visionário e multipremiado do BMW Group, e o pioneirismo da submarca BMW i, em termos de eletrificação e conectividade, estabelecido pela estratégia NUMBER ONE>NEXT e presente na atual gama de automóveis eletrificados BMW”, explica Nina Dragone, Diretora de Marketing e Produto da BMW do Brasil.

Assim como o BMW i8 Coupé, o conversível utiliza a arquitetura LifeDrive – desenvolvida para veículos BMW i, cuja estrutura reúne um chassi de alumínio e uma célula de passageiros feita de fibra de carbono reforçada com plástico (CFRP), oferecendo uma perfeita distribuição de peso – e o premiado sistema híbrido plug-in BMW eDrive, que contempla um motor elétrico e que funciona de forma sincronizada a um motor a combustão, de três cilindros, de 1.499 cm³, a gasolina, dotado de tecnologia BMW TwinPower Turbo.

O gerador elétrico é responsável por mover as rodas dianteiras, enquanto o motor a gasolina movimenta as rodas traseiras. O sistema híbrido plug-in do BMW i8 venceu o renomado prêmio International Engine of the Year por três anos consecutivos (2015 – 2017), abrindo o caminho para o número crescente de modelos híbridos plug-in das marcas BMW e MINI.

BMW SÉRIE 8

Apresentado como conceito em Pebble Beach (EUA) e no Salão do Automóvel em Frankfurt no ano passado, a BMW brindou os brasileiros expondo o novo cupê de luxo, que começará a ser vendido oficialmente por aqui em 2019 e substitui o BMW Série 6.

BMW 8-Series Concept no Salão de Frankfurt 2017.  Foto: Fernando Marques

BMW 8-Series Concept no Salão de Frankfurt 2017. Foto: Fernando Marques

Após o hiato de 18 anos, o novo Série 8 também utiliza a plataforma modular da marca (CLAR), que atualmente equipa os BMWs X3, Séries 5 e 7.

Em seu exterior, com linhas fluídas muito próximas as do conceito, destaque para os faróis de LED que possuem feixe seletivo com alcance de até 600 metros. Ainda, destaque para o teto feito de plástico reforçado com fibra de carbono e a opção do kit de carroceria esportivo “M”.

Luxuoso como já esperado, o interior conta com duas tonalidades de couro. Assim como no Série 7, a chave é digital e permite que você ligue o carro remotamente. O painel de instrumentos, que é totalmente digital e de 10,2 polegadas, é recheado de funções de entretenimento e conectividade. O para-brisa do modelo ainda mostra todas as informações de maneira clara, graças ao BMW Head-Up Display, que tem uma superfície 16% maior e com gráficos 3D.

Com duas opções de motorização, a versão de entrada, BMW 840i xDrive Coupe, possui um motor seis cilindros em linha bi-turbo, que desenvolve 320 cv e 69,3 kgfm e 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. Já a versão topo de linha M850i xDrive Coupe ostenta debaixo do capô um oito cilindros em “V”, também bi-turbo, com 530 cv e 76,4 kgfm, alcançando em apenas 3,7 segundos de 0 a 100 km/h.

Em ambas as versões, o BMW é limitado eletronicamente a 250 km/h, com transmissão automática de oito velocidades e tração integral nas quatro rodas. O motorista poderá ainda escolher seis modos de condução, que vão desde o modo econômico até o esportivo.

Até o momento, pouco se sabe sobre o lançamento da versão cupê de quatro portas (chamado de “Grand Coupé” pela marca) e já aparesentada em sua versão conceitual. Apesar de não confirmado, a versão preparada pela divisão esportiva Motorsport, com o inédito BMW M8, é dada como certa por sites especializados da marca.

Além disso, os veículos contam com opções de teto de carbono M e pacote exterior M Carbono, com lâminas de entrada de ar, coberturas de espelho externo, spoiler traseiro e difusor traseiro em fibra de carbono.

BMW Z4

A nova geração do BMW Z4 também foi apresentada em Pebble Beach (EUA) e no Salão do Automóvel em Frankfurt no ano passado, sendo considerado a reinterpretação do roadster clássico da BMW.

“O novo BMW Z4 é o mais novo e o mais moderno representante entre os roadsters tradicionais e de design cativante da BMW. A presença dele no Salão do Automóvel de São Paulo, pouco depois de sua primeira aparição diante do público europeu, no Salão de Paris, reforça a importância do Brasil dentro do panorama global da empresa, além de integrar a estratégia corporativa NUMBER ONE> NEXT”, destaca Nina Dragone, Diretora de Marketing e Produtos da BMW do Brasil.

Externamente, o novo BMW Z4 ostenta desenho puramente emocional e que transpira esportividade, contornos e proporções radicalmente reformulados, distância de entre-eixos mais curta, além de uma carroceria otimizada aerodinamicamente e da tradicional distribuição ideal de peso (50:50), outra marca registrada da BMW.

O novo Z4 é equipado com um motor de seis cilindros capaz de gerar 340 cv de potência.

Entre os equipamentos embarcados no conversível de dois lugares destacam-se a suspensão adaptativa M Sport, direção esportiva variável, freios M Sport, diferencial traseiro M Sport controlado eletronicamente, rodas de liga leve M, de 19 polegadas, e pneus de alto desempenho.

O novo Z4 é capaz de acelerar de 0 a 100 km /h em apenas 4,6 segundos.

Fernando Marques

Fernando Marques iniciou em 2007 na fotografia automotiva, fazendo parte desde 2009 da equipe No Trânsito. Apaixonado por carros desde pequeno, aprendeu a ler e escrever folheando as páginas da Revista Quatro Rodas e hoje divide as matérias automotivas com a advocacia, sua profissão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *