Rolls-Royce Phantom


Supremacia. É esta palavra que resume o enorme e luxuoso Rolls-Royce Phantom.

Essas imagens fazem parte da série de fotos de Supercarros em Jurerê Internacional, a qual já está na sua décima parte. Como o Phantom é um carro muito especial e fiz mais fotos dele em relação a outros modelos que flagrei em Jurerê no verão, ele merece um post exclusivo, tal como o carro.

O Phantom é um modelo que está presente no catálogo da Rolls-Royce há muito tempo. A primeira geração foi lançada nos anos 20. Já a versão atual (teoricamente a sétima geração do modelo) nasceu em 2003, logo após a BMW adquirir a Rolls-Royce. A parceria entre ambas as marcas já existe há um certo tempo, principalmente na área da aviação, e portanto não é de se causar espanto que um Rolls-Royce possui alguns componentes da BMW.

Um deles é o motor, um 6.75 litros V12 com 460 cv de potência. Quando ainda era um veículo conceito, a BMW pretendia utilizar um 9 litros V16, mas por questões de eficiência optou pelo V12. Mesmo com um motor menor o Rolls-Royce Phantom leva apenas 5.7 segundos para ir de 0-100 km/h.

Fabricado artesanalmente em Goodwood, na Inglaterra, cada Phantom é customizado de acordo com a escolha do cliente. Cada proprietário de um Phantom tem a dura tarefa de escolher entre as mais diversas opções de pintura, acabamento, madeira, estofamento, equipamentos, etc. Somente para a pintura exterior do veículo o cliente pode optar por mais de 44 mil tonalidades.

Algumas das particularidades do modelo incluem um medidor de potência (em %) ao invés do conta-giros; guarda-chuvas acoplados nas portas traseiras, sendo estas no estilo suicida; simbolo do Espirito do Êxtase na grade frontal do veículo que se recolhe automaticamente quando o veículo é desligado para prevenir roubo ou dano; e o logo RR nas rodas, o qual permanece sempre na mesma posição, mesmo quando o veículo está em movimento.

Este é apenas um resumo sobre o Phantom. Há muito mais o que falar, mas no momento o objetivo principal é uma pequena introdução ao veículo. Quem sabe voltamos a falar sobre este supremo automóvel em uma matéria, desta vez com muito mais imagens, principalmente do interior.

Guilherme Nascimento

Guilherme é fotógrafo automotivo e sua especialidade são os carros exóticos. Criou o site “No Trânsito” em março de 2007 como uma forma de mostrar suas fotos ao mundo.

21 Responses

  1. Na minha opinião, atualmente é o melhor automóvel do mundo!

  2. Guilherme Maia says:

    Lindo! Procura ir atrás de um modelo em Sp ou msm em jurere pra fazer uma materia mais detalhada! e vdd que eles colocam um copo de agua num motor e se tremer o carro e refeito? nenhum rolls royce pega fogo? ou que quando um rols royce quebra e enviado diretamente no lugar uma equipe que o arruma sem nenhum custo e nega afirmar que foi enviada a equipe.. so para parecer “inquebravel”? seria mt interessante uma materia relacionada aos RR, cheia de curiosidades e etc! abrç

    • É xará, os Rolls-Royce tem muita história para contar mesmo. É por isso que disse ali no final que é um pequeno resumo, pois não adiantaria uma matéria completa com essa pequena quantidade de fotos. Quem sabe em breve!!

      Abraço!

    • Edu F. says:

      reza a lenda que seria um copo de vinho……pode parecer engraçado, mas é a história que conheço…..hahahahaha

  3. João Henrique Araujo says:

    Desde que acompanho o No Trânsito há uns 4 anos, tenho esperado por essa matéria ansiosamente!

    Esse sim é um carro imponente!

    Assisti ao documentário Mega Fábricas no National Geographic, que falava sobre a Fábrica da Rolls Royce. A linha de montagem artesanal é impressionante!

    O grand finale desse carro é a pintura de uma linha por toda a lateral do carro feita manualmente utilizando apenas um pincel fino e giz de alfaiate para que a mão do “gênio” não agarre na lataria. Só existe uma pessoa no mundo que faz isso!! Fico imaginando se esse cara morrer…

    ps.: Essa linha lateral não tem no Phantom da foto. Sabe porque Guilherme?

  4. felix says:

    Confesso que desconhecia o ato do logo da Rolls-Royce permanecer sempre na mesma posição, até com o carro em movimento.
    Mas enfim, não sou muito chegado à RR, poucas gerações do Phanton me agradam, talvez porque eu não faça tanta questão assim de um carro com esse nível de luxuosidade. Dentre as fabricantes que prezam ao extremo o luxo em seus automóveis eu prefiro a Bentley.
    Mas é inegável que o Phanton, ou melhor, a Rolls-Royce, seja uma marca cheia de curiosidades e mistérios, tendo sua magia única que é prezada há décadas e mais décadas e que cativa muita gente. Virando o exemplo mais citado quando falamos sobre luxo automotivo, combinado com exclusividade de seus carros.
    Parabéns ao Guilherme, gostei bastante das fotos que mostram os detalhes dessa joia rara!

  5. Victor BM says:

    Realmente, um carro que merece respeito. É difícil achar um concorrente a altura deste branquelão aí.

    Alguém já viu na internet alguma foto/vídeo de um desses batido? Deve ser uma porretada de patrão hein… Os airbags devem soltar parfum e tudo! ahuuheuha

  6. bolacha says:

    Véi do céu, imagina enxe essa barca de mulhe vééééeiii

  7. Jonathan Georg says:

    Aqui na minha cidade tem um desses, uma vez um cara me passou com uma barca dessas, parecia que estava flutuando no asfalto

  8. Alexandre Pinho says:

    Eu estava presente!

  9. dj stig says:

    Parabéns, antes de tudo. É realmente um flagra achar um carro desses aqui no Brasil. Suntuoso, elegante, moderno, estiloso, vale o quanto custa, mas essa traseira… feia demais. RR, assim como carros do mundo dos mortais, também tem seu top de linha. O Ghost é simplesmente fantástico: http://www.bmwblog.com/2009/09/16/frankfurt-auto-show-rolls-royce-ghost/rolls-royce-ghost-frankfurt-32/
    Quem tiver interesse, ainda pode ver as fotos da nova BMW M9. O carro mais bonito do mundo, na minha opinião.

  10. Alexandre Pinho says:

    Molhadinho como as . . . ., das que usufruem deste automóvel e de seu dono (interesseiras [email protected]@[email protected]#$#s!)

  11. Mauro Kise says:

    Não discuto a qualidade do carro.Mas acho muito difícil no quesito design tentar juntar um radiador da época dos calhambeques num carro quadrado.Realmente a traseira é horrível.Essa lanterna do Cinquecento então…

  12. Gabriel says:

    Neste Domingo eu vi um preto rodando em Floripa, placa 1111 de Jaraguá do Sul.

    • Andrei Marcelo says:

      Gabriel,
      O dono deste Rolls Royce de Jaraguá do Sul que você viu em Floripa na verdade é dono de outro também.
      O cara tem um phantom branco e um preto, além de outrso 42 carros exóticos em sua garagem.

      • Gabriel says:

        De onde vem tanto $$$ ??? O que ele faz da vida?

        • Andrei says:

          Esse cara é dono da Malwee Malhas e agora também é dono de uma vinícola (pericó), além de ter recebido uma grande herança na Alemanha.
          Wander Weege é o nome deste Sr.

  13. Pra quem tira boas fotos (e tem máquina legal), recomendo em SP ir na loja da Lexus, na Marginal Pinheiros (perto da ponte Joao Dias).
    Tem um Lexus LFA branco na vitrine.
    Abçs

  14. anonimous says:

    O dono desse rolls é meu patrao, ele realmente tem 2 desses, esse da foto e um preto, vi um na rua aqui de jaragua hoje, mas ele tem muitos carros, todos luxuosos e exoticos, entre eles porsche panamera, masserati, ferrari, mercedes 500 etc, um abraço.

  15. carlos alves says:

    Aqui em jaragua do sul o dono da malwee tem dois. Um preto e um branco. Parece mentira mais nao é. O cara tem uns 30 carros esportivos e de luxo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *